Há mais de duas décadas, o ensino de Arte tem sido um dos meus maiores compromissos. Com muita consciência sobre o poder transformador da Arte, tenho orgulho de ter ministrado cursos de pintura, desenho em quadrinhos e desenho de moda para mais de 500 alunos, de todas as idades. Neste espaço, além de apresentar minhas reflexões sobre Arte-Educação, quero mostrar a vocês as técnicas, os materiais e muitas informações sobre os trabalhos que já desenvolvi.

1 – Curso de Desenho Artístico – 2002 a 2017 

Realizado no Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEM) de Juiz de Fora (MG)

A concretização de um sonho

Sou Artista Plástica, formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Já lecionei em escolas particulares no estado do Rio de Janeiro e no CIEP de Três Rios (RJ). Trabalhei nos últimos 14 anos como autônoma nas áreas de Design Gráfico e Artes Plásticas, realizando exposições, ministrando aulas particulares de pintura, desenho, aquarela e executando projetos de decoração e pinturas especiais em residências e escritórios. A criação de uma oficina de Desenho Artístico era um sonho que possuía há anos, desde que trabalhei na Funalfa (1990-1994), exercendo o cargo de Chefe do Sub-setor de Artes Plásticas da Fundação. Na ocasião, conseguimos instalar um atelier de Artes Plásticas no Espaço Mascarenhas e iniciar um projeto de divulgação de trabalhos artísticos de alunos da Rede Municipal, através de exposições no Espaço Cultural Bernardo Mascarenhas.  Mas, infelizmente, nosso objetivo de criar um curso de desenho artístico para alunos carentes não pode ser viabilizado em função da limitação do orçamento que tínhamos na Fundação. Em 2002, tive a oportunidade concretizar este sonho através da minha contratação como professora de Artes para o CEM, quando, por sugestão da equipe pedagógica da escolar, criamos a Oficina de Desenho Artístico.
Nos anos de 2004, 2005 e 2006*, ampliamos os horários e passamos a ter outra professora na parte da tarde.
Em 2007, iniciamos o curso com a denominação de “Curso Profissionalizante de Desenho Artístico”, no qual foi acrescentado a matéria de Habilidades Gerais, contando com uma professora que dava noções sobre cidadania, empreendedorismo, leis trabalhistas e dicas para ingressar no mercado de trabalho.
Em 2008, o curso de Desenho Artístico sofreu novas alterações passando a ser considerado curso de formação sócio-artístico-cultural para adolescentes a partir de 12 anos e adultos, com a duração de um ano.
De 2002 a 2017, passaram pela oficina de desenho artístico cerca de 475 alunos (nas minhas turmas). A maioria dos alunos oriundos da Rede Municipal de Ensino, de vários bairros de Juiz de Fora.
Em junho de 2017, me aposentei e estou atualizando meus arquivos finais para que possam ter acesso aos registros que fiz. Mas minha ligação com a arte-educação não para por aqui, pois, não poderia parar de ensinar e aprender sobre arte.

Rose Valverde – 24 de setembro de 2017
 * a partir de julho de 2006 interrompeu-se o módulo de desenho avançado no CEM.

Objetivo

A Oficina de Desenho Artístico tem como objetivo desenvolver a habilidade de descobrir e apreciar os valores estéticos, adquirir uma linguagem própria e noções de cor, forma, espaço e composição. Adquirir o domínio de técnicas, instrumentos e procedimentos expressivos.

O prazer de ensinar Arte foi uma agradável descoberta, que me fez perceber que, a necessidade da arte e a sensibilização do ser humano produz um enriquecimento duplo, tanto do aprendiz quanto do professor. Pela experiência que tive com vários alunos nos últimos anos cheguei á conclusão de que basta querer para realizar. O dom de desenhar é possível de ser cultivado no ser humano como quando se cuida de uma flor; prepara-se a semente, rega-se, cuida-se até que ela começa a desenvolver-se e a produzir flores e frutos.”
Rose Valverde


Conheça um pouco dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Oficina de Desenho Artístico do CEM de 2003 a 2014


Retratos dos alunos de Desenho Artístico

Módulo Modelo Vivo – desenhos realizados por Rose Valverde

Quando começo a ensinar como fazer um desenho com modelo vivo, utilizo os próprios alunos para servirem de modelo. Através da confecção de seus retratos, mostro como devem se posicionar, como definir a proporção, iluminação e sombreado mais adequados. O resultado desses estudos é também uma homenagem a tantos alunos de talento que passaram por nossa Oficina.”
Rose Valverde 

É uma pena não estarem todos aqui, mas desejo a todos os meus ex-alunos muito sucesso e um grande abraço!


2 – Curso de Desenho de Moda

A criação do Curso de Desenho de Moda se efetivou no 2° semestre de 2007. O curso de Desenho de Moda atendeu, até 2009, uma turma de manhã, com aulas duas vezes por semana. Em 2010, inicíamos uma reformulação no curso, associando à Costura Industrial. O Curso de Costura Industrial e Moda possui duas turmas, com carga horária de 12 horas/semana.

O Curso de Desenho de Moda visa: desenvolver a habilidade de descobrir e apreciar os valores estéticos e aplicá-los a moda; auxiliar o aluno a adquirir o domínio de técnicas, instrumentos e procedimentos necessários para a execução de desenhos de moda; permitir que o aluno adquira conhecimento avançado de desenho (proporções do rosto, figura humana, etc.), para que o aluno se encontre apto a criar croquis e desenhos adaptados as tendências da moda atual.

Conteúdo do curso:
Desenho de Figura Humana – Interpretação de formas de silhueta e articulação do corpo humano, aplicação de cor ao conceito de luz e sombra e estilização de croqui de moda aplicando conceitos de construção, proporção e movimento.
Desenho de moda – Interpretação de formas de silhueta e articulação do corpo humano com ênfase em feminino, utilização de cores adequadas ao vestuário e elaboração de croquis para público alvo seguindo as tendências de moda. Criação de croquis de Moda Conceitual e Comercial. Criação de roupas de acordo com o tipo físico de cada aluna – Trabalho final para avaliação.
História da Moda – Conhecer a história e teorias mais significativas da moda, entender as relações entre moda e arte. Conteúdo complementar: Profissões relacionadas a moda; Noções de empreendedorismo; Mandala do empreendedor criativo (Rafaella Cappai); Formação de preços de produtos – Custo fixo, Preço de atacado e varejo, Fluxo de caixa.
Power point com: Classificação dos Tipos físicos; Estilos de roupa.

Filmes de Referência: exibidos para os alunos durante o curso

. Maria Antonieta – EUA; Drama; Tempo de Duração: 123 minutos; Ano de Lançamento:  2006; Estúdio/Distrib.: Columbia Pictures; Direção: Sofia Coppola.
. Coco Antes de Chanel – França; Drama; Tempo de Duração: 110 minutos; Ano de Lançamento:  2009; Estúdio/Distrib.:  Warner Home;  Direção:  Anne Fontaine.
.  Zuzu Angel – Brasil; Drama; Tempo de Duração: 103 minutos; Ano de Lançamento:  2006; Estúdio/Distrib.:  Warner Bros.; Direção:  Sergio Rezende – década de 70 – Moda/ Política
.  Hair – década de 70
.  Janela da Alma , Direção: João Jardim / Walter Carvalho, Brasil, 2002. Documentário (Tempo de Duração: 73 minutos).
. A Costura do Invisível – Estilista Jum Nakao (desfile de 2004 em Video).
. Historia da moda no Brasil – Das influências às autorreferências. Direção de João Braga, Luis André do Prado e Tatiana Lohmann. Pixis editorial, 2011.  Documentario  (tempo de duração : 100 minutos).

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Arte Educação

Conheça um pouco dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Oficina de Desenho de Moda 2007 a 2015


3 – Curso de Desenho em Quadrinhos

O curso de Desenho em Quadrinhos foi iniciado no Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEM), em Juiz de Fora, no 2° semestre de 2007, com suas aulas semanais, no turno da manhã. Em 2013, o curso passou a ser oferecido também à tarde, com uma aula semanal.

Esse curso tinha o objetivo de utilizar a linguagem da história em quadrinhos, examinando a sua forma artística e funcionalidade; definir os elementos básicos dos quadrinhos e mostrar como a mente processa sua linguagem; investigar a influência do tempo nas histórias, o que acontece entre um quadro e outro e a interação entre palavras, figuras e narração; promover o estudo sobre o desenvolvimento de tiras, histórias e criação de figuras e personagens, bem como sobre o processo criativo e suas implicações na arte em geral.

Conteúdo do Curso:
1 – Colocando o pingo nos is: O surgimento da história em quadrinhos / Pai da história em quadrinhos Rodolphe Topffer
2 – Vocabulário dos quadrinhos: Ícone / Figuras / Diferença entre um desenho realista e um cartum / Combinação de personagem e cenários
3 – Usando a sarjeta / Tempo e Espaço / Transição quadro-a-quadro: momento-pra-momento; ação-pra-ação; tema-pra-tema; cena-pra-cena; aspecto-pra-aspecto / non-sequitur / Ocidente e oriente / Figura / Fundo / Ordem dos quadrinhos
4 – Moldura dos tempos: Mudança do tempo / Tempo em movimento / Linha de movimento / Som e movimento
5 – Linhas e traços: Emoções através das linhas / Potencial expressivo das linhas / Símbolos – a base da linguagem
6 – Mostrar e dizer: Palavras e figuras
7 – Os seis passos: Quadrinhos e arte, Idéia e objetivo, Forma, Idioma, Estrutura / Habilidade / Superfície / Habilidade
8 – Uma palavrinha sobre cores: Cor – maior venda – maior custo
9 – Arte sequencial

O curso tem como referência o livro “Desvendando os Quadrinhos” de Scott Mc Cloud


Conheça um pouco dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Oficina de Desenho em Quadrinhos


4 – Projeto Bernardo Mascarenhas: um homem, várias histórias – da Cedro e Cachoeira até os dias de hoje

Conheça a vida e as obras realizadas por Bernardo Mascarenhas e faça uma viagem pelo patrimônio artístico e cultural de Juiz de Fora. Neste link, você pode conhecer o projeto e baixar todos os materiais desenvolvidos.
Projeto realizado com apoio da Lei Murilo Mendes sob nº037/10 – Proponente: Rose Mary Pinto Valverde de Carvalho


5 – Projeto Reconstruir – Educação Especial de Adultos 

De agosto a dezembro de 2010, desenvolvi um trabalho com as turmas do Projeto Reconstruir. A principio, o nosso objetivo era trabalhar com pintura em tecido, mas assim que fiz os primeiros contatos com os alunos, achei que seria necessário introduzir noções sobre a forma e orientações básicas de desenho. O fato de termos alunos com vários perfis diferentes (deficiente auditivo, visual, síndrome de Down e deficiente mental) nos fez reavaliar o processo de aprendizagem da turma. Percebi que alguns possuíam pouco controle motor e necessitavam de estímulo e de exercícios constantes para absorverem os conceitos de volume e formas geométricas variadas.
Comecei a utilizar alguns jogos pedagógicos que me auxiliaram a fazer um paralelo entre o volume e o traço. Utilizamos primeiro o círculo em vários tamanhos de madeira bidimensional e tridimensional, depois estudamos o triângulo e após o quadrado e retângulo. Sempre procuro fazer um paralelo entre o tridimensional e o bidimensional, utilizando as peças de madeira colorida e estimulando o aluno a criar desenhos com estas formas, seja utilizando as peças como modelo ou partindo daí para criar ou associar idéias a estas formas.
Passei a utilizar a música em sala de aula para que pudéssemos ter um ambiente mais tranquilo e para tirar a atenção do barulho do corredor que atrapalhava muito a concentração dos alunos. Percebi muitos progressos nos alunos em relação ao controle motor assim como nas atitudes.
Alguns alunos têm dificuldades visuais muito acentuadas e não usam óculos, talvez pela dificuldade de avaliação ao fazer exames, mas isto dificulta a percepção de formas e o aprendizado. Procurava estimular vários sentidos além da visão, como o tato e a audição. Introduzi, também, a leitura de textos para tentar fazer uma descrição visual da cena lida.
A maioria das atividades partem da necessidade de variedade, sem esquecer de reforçar o que já foi aprendido, pois muitos têm dificuldades de memorização, devido ao fato de utilizarem medicações que podem interferir na memorização e aprendizagem.

Leia sobre a visita que fizemos ao Horto Florestal Poço D’Antas


6 – Técnicas de Desenho em Pintura em Papel

O Curso de Técnicas de Desenho e Pintura em Papel foi realizado no CEM, em 2007, com uma aula por semana.
Conteúdo:
Noções teóricas sobre forma, proporção e cor; Noções de composição, peso, equilíbrio, ritmo etc; Exercícios práticos utilizando objetos (desenho de observação), fotos variadas e exercícios de desenho livre (avaliação da criatividade); Execução de desenhos em suportes de papel utilizando lápis aquarelável, tinta acrílica e/ou aquarela; Desenho de paisagens, flores, animais, Estudos do corpo humano (posições diversas); Cor (A natureza da cor, Cores Primárias, secundárias e terciárias, Escala monocromática, Cores quentes e cores fria).
Durante o trabalho, utilizávamos papel Canson e/ou Montval para realização dos projetos com lápis aquarelável, aquarela e tinta acrílica.


7 – Cursos no Atelier Rose Valverde

Ao longo de vários anos, tenho oferecido aulas, particulares ou em grupos, de Desenho Artístico, Aquarela, Pintura em Tela (tinta acrílica) e Pintura em Tecido. 

Fotos de alguns alunos

 


8 – Cursos de Desenho e Pintura no Atelier Ponto com Arte – De 2011 a 2015


9 – Arquivos e documentos sobre Arte-Educação para ler e baixar


10 – Links e Referências de leitura sobre Artes Plásticas, Arte-Educação, Aprendizagem, Cultura, Desenho de Moda, Desenho em Quadrinhos etc. 


Foto em Destaque: Christian Celeste / Tiradentes em Ação

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: