Não houve o bug do milênio como diziam. Depois de tanta expectativa o século virou e começamos novos tempos. O que marcou mais essa década pra mim foi meu retorno a arte educação. Passei no concurso para professor de Artes na PJF e recomecei em 2002 a ensinar. Vários trabalhos que fiz desde então tem a ver com meu trabalho em sala de aula ou com propostas que associava a educação e a tentativa de valorizar a arte como área de conhecimento. Foram anos de desafios de ensinar e aprender, de pesquisar e de fazer.

Em 2005 fiz uma exposição especial no CCBM que já está registrada na página Artes Plásticas. Alguns quadros foram produzidos quando ainda morava em Três Rios. Comecei a parar de trabalhar com tinta a óleo e iniciei uma série pintada em madeira com aplicação de massa acrílica e adesivo. Utilizava então a tinta acrílica bem rala em camadas transparentes que se aproxima a uma pintura em aquarela. Posteriormente eu aplicava um verniz para evitar rachaduras.  A natureza sempre esteve presente em minhas escolhas de temas, apesar de achar a natureza perfeita e saber que nunca poderemos imitar sua beleza mas captar sua energia sim.

Você pode ver mais no link https://rosevalverde.art.br/exposicoes/o-que-os-olhos-veem-paz/    coloquei aqui alguns quadros:

Após 2007, período em que comecei a dar aulas de desenho de moda e desenho em quadrinhos comecei a dividir minha produção entre essas várias linguagens diferentes e a aquarela. Em minhas primeiras exposições a aquarela foi importante mas ficou esquecida por uns tempos nesse período retomei a sua produção até porque ficava mais fácil pintar ou levar material que utilizava nas viagens e lugares em que fui conhecendo.

Finalizando 2009 passei a trabalhar quase que exclusivamente com lápis de cor aquarelável e aquarela. Começei ai uma outra etapa mas isso ficará para outra postagem. Até lá!

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: