Exposição Histórias Mestiças no Instituto Tomie Otake – SP

Uma das exposições que mais me agradou nos últimos tempos.
Como podia fotografar achei ótimo pois assim pude registrar algumas obras que dificilmente verei novamente já que vieram de coleções particulares e de museus europeus.

A primeira obra que vimos – Tintas polvo, 2013 de Adriana Varejão. 33 tubos de tinta a óleo em bisnagas de alumínio.

 Primeira sala:

 

 

Joaquim José de Miranda – A expedição do tenente-coronel Afonso Botelho e Souza aos sertões de Tibagi, série 38 aquarelas, (1771-1773)

 

Claudia Andujar – Série Marcados – 1983-1984

 

 

Descrição das estampas de Joaquim José de Miranda

 

Histórias Mestiças 29 - Exposição Histórias Mestiças no Instituto Tomie Otake - SP
Johann Moritz Rugendas – Quarta divisão de desembarque, 1835.