Exposição “O que os olhos vêem… PAZ”

Local: Galeria Arlindo Daibert, do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, em Juiz de Fora, MG
Período: 15 de dezembro de 2005 a 15 de janeiro de 2006

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Exposição "O que os olhos vêem... PAZ"O que os olhos vêem…

Nasci na década de sessenta,
anos de luta pela democracia e pelo respeito
aos direitos humanos, num século marcado pela dor.
Há 60 anos, explodiu a Bomba de Hiroshima,
talvez por isso tenha ficado implícito
em meu trabalho sempre um apelo
pela paz e pela luz.

Dizem que o que os olhos não vêm o coração não sente
e o que os olhos vêm???
O que os meus olhos vêm???

Meus olhos sempre procuraram a beleza e a felicidade
não à violência e à dor.
Eu quero ver a harmonia, o amor, a prosperidade e a paz.
A PAZ sempre vai ser a minha bandeira,
para que possamos ter um futuro melhor.

Rose Valverde – 2005


Retrospectiva com desenhos de sua família

Rose Valverde Exposição PAZ


yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Exposição "O que os olhos vêem... PAZ"

Rose Valverde expõe 33 obras, em três fases distintas:
A primeira representando os elementos da natureza, utilizando relevos e a transparência da tinta acrílica.

A segunda tem a música com fonte de inspiração. O Chorinho aparece com seus instrumentos e paisagens que lembram a orla marítima e a Lapa no Rio de Janeiro. Vinicius de Morais inspira alguns quadros feitos a partir dos poemas “são demais os perigos desta vida”, “Soneto da separação” e a música “Onde anda você”.

A terceira parte consta de trabalhos realizados em tinta acrílica e aquarela, com temática variada cujo fio condutor é a natureza, o misticismo, a religiosidade e a paz.

Obras expostas:

 

Imagem em Destaque: Detalhe do quadro “Anjo Guardião”, de Rose Valverde

One thought on “Exposição “O que os olhos vêem… PAZ”

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: